quinta-feira, 10 de maio de 2018

Mangás - Slam Dunk





Você sabe o que é “mangá”? 

Este nome foi dado às histórias em quadrinhos de origem japonesa. A palavra manifestou-se da junção de duas outras palavras: “man” que significa “involuntário” e “”, que significa “desenho” ou “imagem”. Portanto, literalmente: desenhos involuntários. 

Em 1814 o pintor Katsushika Hokusai lançou o primeiro encadernado contendo uma seleção de desenhos em sequência. A série, que teve 15 volumes, foi batizada de “Hokusai Mangá”. A partir daí os quadrinhos japoneses passaram a ser chamados de “mangás”, no entanto, essa denominação seria consolidada somente no Japão pós- Segunda Guerra, já nos anos 1950, com as obras de Osamu Tezuka.

Os mangás são famosos por seus personagens diferentes, esguios e de olhos grandes. Outra característica peculiar, é que deve ser lido de trás para frente, da direita para a esquerda. Quase sempre em preto e branco, os traços são bem diferentes das HQ’s ocidentais. 

Slam Dunk - Takehiko Inoue
 
Mergulhar numa história de um mangá é uma experiência única e pensando nisso, trouxemos uma sugestão de uma das séries mais adoradas deste gênero: o “Slam Dunk” de Takehiko Inoue. 

A história fala sobre um time de basquete da escola secundária japonesa Shōhoku. O mangá foi serializado na revista Weekly Shōnen Jump de 1990 até 1996, com os capítulos compilados em 31 volumes e publicados pela editora Shueisha. Ele foi adaptado em uma série de anime produzido pela Toei Animation que foi transmitido em todo o mundo, conquistando de muita popularidade especialmente no Japão, e vários outros países asiáticos e da Europa. 

Em 2012, Slam Dunk atingiu 120 milhões de cópias vendidas somente no Japão, se tornando um dos mangás mais vendidos da história. Inoue depois usou o basquete como tema central em dois títulos de seus mangás subsequentes: Buzzer Beate e Real. Em 2010, Inoue recebeu elogios especiais da Associação de Basquetebol do Japão por ajudar a popularizar o basquete no Japão. 

Venha na Ilha das Letras e confira todos os mangás disponíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário